Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

deborahsecco

deborahsecco

30
Abr09

Deborah revela-se

Deborah Secco Portugal

Aos 28 anos, Deborah Secco conta como a perda de uma irmã a levou ao medo de magoar as pessoas, diz que, às vezes, a solidão é um presente e acha engraçado ser vista como símbolo sexual

 

FOTOS ALEXANDRE SANTANA/AG. ISTOÉ  FOTOS ALEXANDRE SANTANA/AG. ISTOÉ

 

FOTOS ALEXANDRE SANTANA/AG. ISTOÉSER ATRIZ PARA MIM É... Tudo. Eu não vejo na minha vida outra função. Aos quatro anos, descobri o que desejava ser. Eu não trabalho pelo dinheiro. Se tivesse um grande personagem, eu pagaria para trabalhar. Se me der um mês de férias no Caribe ou uma grande novela, eu vou preferir uma novela. Um mês de férias ou uma peça, vou preferir a peça. Eu gosto muito de dar vida a uma pessoa que não sou eu. E, ao mesmo tempo, saber que a minha vida fica preservada, que as pessoas vão acreditando naqueles personagens, e ninguém sabe como sou. Esta é a maior felicidade da minha vida.

EU FUI MAIS FELIZ QUANDO... Eu acho que, na verdade, sou feliz. Fui muito feliz quando era criança, tive uma infância de boas lembranças. Lembro que eu e minha irmã almoçávamos ao lado na cama de minha mãe, uma de cada lado, com uma bandejinha dos Ursinhos Carinhosos, vendo Xuxa... Eu sempre me senti realizada dentro daquilo que eu desejava. Tudo o que eu quis na vida, me dediquei e consegui. E nunca quis nada além do que eu poderia ter

HOJE EU NÃO SUPORTO MAIS... Eu não suporto mais me machucar. Depois de anos de análise, finalmente, aprendi a dizer “não”. Não para as coisas que eu não gosto, para aquilo que não quero. Logo depois de uma irmã ter morrido, eu passei a carregar este peso de ter de agradar, de não decepcionar os meus pais porque eles vinham de um grande sofrimento. Acho que isso se refletiu em uma postura interna minha. De uma forma comportamental, eu agia para não magoar os outros. E acabava me magoando. Hoje, ainda com muito trabalho, eu venho buscando não me magoar, mesmo que isso doa um pouco nos outros.

ODEIO QUANDO... Eu odeio os meus maus hábitos alimentares. Eu odeio não gostar de saladas, de coisas naturais. Eu só bebo Coca Light. Meu pai e minha mãe não bebiam água e eu acabei herdando esta característica. Hoje, até tento uma uva, uma tangerina. Mas, às vezes, compro frutas e fico vendo estragar, e isso me dá uma dor... Mas eu ainda vou mudar.

FOTOS ALEXANDRE SANTANA/AG. ISTOÉADORO QUANDO... As pessoas que amo estão perto de mim. Minha família, meus irmãos. Se eu pudesse tê-los mais perto de mim... Acho que uma das coisas de que me arrependo foi ter saído de casa tão cedo, mas foi necessário para eu ter este amor que nutro por eles hoje, que não é amor de você ter que conviver junto, mas sim de você querer conviver. É completamente diferente. Eu adoro estar junto com eles, igual quando éramos crianças. Todos reunidos e felizes.

PARA VIVER EU PRECISO DE... Saúde. É o fundamental. A gente se adapta a tudo. Depois que eu passei pela experiência de ter uma mãe que perdeu, aos 24 anos, uma filha com 5 anos, e sobreviver a isso. Quando vejo que existem pessoas que sobrevivem a tantas perdas, a tantas coisas graves e são felizes, percebo que a gente sobrevive a tudo. Tem um cara lá em cima que escreve a nossa vida. E a vida que ele escrever para mim será a vida que eu quero ter. Entrego nas mãos dele. Mesmo que eu não entenda se é certo, errado, se é bom ou ruim.

MINHA VAIDADE É... É poder estar de férias e me permitir não fazer nada. Ficar em casa o dia inteiro, lendo, escrevendo, vendo um bom filme, ouvindo uma boa música e não ter obrigação nenhuma. Esta é a minha maior vaidade. Você me liga de manhã, eu vou estar na cama, você me liga às 10 da noite, eu ainda vou estar na cama.

CIÚME PARA MIM É... Em pouca quantidade, é saudável. E, em demasia, nefasto. Eu não sou uma pessoa ciumenta. Não tenho ciúmes de amigos, de mãe, de meus irmãos. Todo mundo tem amor para dar para todo mundo. Se eu tiver que pedir para alguém me amar, me fazer carinho, é melhor que não faça, que não me ame. Ou é dado, ou não é. Eu aprendi a conviver com o que as pessoas têm para me dar.

O AMOR PARA MIM É... O amor para mim tem de ser incondicional e verdadeiro. Ou, então, não é amor. Amor não tem que ser cobrado, pedido. Eu sempre me senti uma pessoa muito amada. Não sou uma pessoa que tenha dificuldades de amar. Acho que eu dou muito amor porque sempre tive muitas pessoas que me deram amor.

MEU MAIOR DEFEITO É... . Sinceridade, No meu caso, como sou muito sincera, acaba por tornar-se um grande defeito.MINHA MAIOR VIRTUDE É... Sinceridade também, quando eu consigo acertar esta medida. A sensibilidade também. Eu já odiei muito ser tão sensível, e é uma das melhores coisas. Minha vida é muito preenchida pelo campo emocional. Em qualquer esfera.

FOTOS ALEXANDRE SANTANA/AG. ISTOÉGOSTO DE FICAR SOZINHA... Sempre. Sempre tem um bom livro para ler, um bom filme, vou à praia com o meu iPod e ouço músicas incríveis. Vivo muito sozinha e aprendi a ficar sozinha e a ter coisas que me preencham. A solidão para mim é um presente, em alguns momentos.

TENHO MEDO DE... Perder pessoas que eu amo, de que estas pessoas fiquem doentes, do que possa acontecer com os meus.

NÃO PERDOARIA SOB HIPÓTESE ALGUMA... Eu perdoaria tudo se tivesse uma boa razão, um bom motivo. O que eu menos entendo é a mentira das pessoas que eu amo, ou das pessoas em quem confio, e que confiam em mim. Uma coisa que trabalhei muito em mim foi perdoar e esquecer.

QUERO ESQUECER... Eu já esqueci tudo o que queria esquecer. Tudo.

ROGER É... Roger e eu estamos bem. Muito bem.

UMA FRASE... É melhor ser alegre que ser triste. A alegria, definitivamente, é a melhor coisa que existe.

 FOTOS ALEXANDRE SANTANA/AG. ISTOÉ

Fonte: Ouvirever

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

BEM VINDO (A)

Bem-vindo a este blog dedicado à talentosa actriz brasileira Deborah Secco. Aqui encontrarás as últimas notícias, fotos, videos e muito mais sobre a Deborah. Espero que gostes do meu trabalho e volta sempre que quiseres.

Elite

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Informações Blog

Dedicado: Deborah Secco Desde: 24 de Maio de 2008 Administradora: Patrícia Nome: Deborah Secco Portugal
Em destaque no SAPO Blogs
pub