Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

deborahsecco

deborahsecco

30
Jul09

DEBORAH SECCO: Saiba tudo sobre os principais momentos da vida e da trajectória da actriz

Deborah Secco Portugal
O site Quem fez um pequeno resumo da vida da nossa actriz favorita, confiram:
TV Globo/ Paulo Giandália


Embora não tenha artistas na família, Deborah Secco brincava de ser actriz desde criança. Com oito anos, começou a fazer comerciais e, mais para frente, participações em programas de TV como “Escolinha do Professor Raimundo” e “Você Decide”. O seu primeiro papel de destaque foi em 1994 no seriado “Confissões de Adolescente”, da TV Cultura.

A série era baseada na peça homônima da autora Maria Mariana. Com apenas 13 anos, Deborah já fazia sucesso na pele de Carol, garota alto-astral e de personalidade marcante. Antes disso, a actriz já havia feito pequenas participações em novelas como “Mico Preto” e “Meu Bem, Meu Mal”, ambas de 1990.

Já em 1995, na pele da ninfeta Carina, de “A Próxima Vítima”, Deborah começou a se destacar entre as jovens actrizes. Após esse trabalho, ela emendou mais algumas telenovelas. Foram elas: “Vira Lata” (1996), “Zazá” (1997), “Era uma vez” (1998) e “Suave veneno” (1999).

 

TV Globo
Íris, a garota malvada
 

Foi na pele de Íris, de “Laços e Família” (2000), do autor Manuel Carlos, que Deborah chamou de facto a atenção do público. Aos 19 anos, provou que podia ser uma boa actriz ao contracenar com Carolina Dieckmann e dividir a opinião do público.

Essa personagem a credenciou para viver sua primeira protagonista, a heroína Cecília, em “A Padroeira” (2001), trama das seis da TV Globo, de Walcyr Carrasco.

No ano seguinte, a actriz fez “O beijo do vampiro” e, em “Celebridade” (2002), viveu Darlene, uma jovem que fazia de tudo pela fama.A personagem usava roupas coloridas e provocantes que acabaram virando moda na época da novela.

Já com Sol, a mocinha de “América” (2005), aconteceu ao contrário. Bastante criticada pela sua interpretação na trama, ela demorou para encontrar o tom certo da personagem.

Em 2006, Deborah continuou na TV com a novela “Pé na Jaca”. Em 2007, fez uma participação especial em “Paraíso Tropical” e, em 2008, interpretou a ambiciosa Maria do Céu em “A Favorita”.

Entre um folhetim e outro, Deborah também participou de “A invenção do Brasil” (2000), “Homem objecto” (2003) e “Decamerão – A comédia do Sexo” (2009). Além dos filmes "A cartomante" e "Meu tio matou um cara", ambos de 2004.

 

Sensualidade

O primeiro ensaio de Deborah Secco nas páginas da revista “Playboy” foi em 1999. Em 2002, posou novamente. A actriz não teve problemas em assumir publicamente que fez as fotos por dinheiro: “Sem hipocrisia, posei por dinheiro. Estou mostrando o que o povo já viu”, disse em entrevista na época.

 Divulgação/ TV Globo

Deborah com o marido, Roger Flores

 
 Um namorado atrás do outro


Deborah começou a rechear pra valer as notícias sobre celebridades depois que se separou do director de TV Rogério Gomes, com quem ficou casada por três anos. Logo que se separou, começou a namorar Maurício Mattar, em 2001, o seu colega de elenco em “A Padroeira”.

O romance com o actor, que também tinha acabado de sair de um relacionamento com a apresentadora Angélica, foi acompanhado passo a passo pela imprensa até o final conturbado: Maurício deu a entender que havia sido traído.

Deborah também namorou ex outros nomes conhecidos como Dado Dolabella, de quem chegou a ficar noiva, e Marcelo Faria, com quem teve um rápido affair durante as gravações da novela “Celebridade”.

Outro romance duradouro da actriz foi com o cantor Marcelo Falcão, do grupo Rappa. Assumidamente apaixonada, fez uma tatuagem no pé em homenagem a ele que dizia “Falcao Amor Verdadeiro, Amor eterno”. A relação durou dois anos e meio. 

Depois de poucos meses solteira, a actriz começou a namorar o jogador de futebol Roger Flores, na época recém-separado da apresentadora Adriane Galisteu. Depois de mais de dois anos juntos, em Junho de 2009, o casal decidiu oficializar a união. A cerimónia foi fechada e aconteceu no Castelo Barão de Itaipava, em Petrópolis, RJ.

 

Fonte: Quem

30
Jul09

Em 'Decamerão', Deborah Secco usa sensualidade para viver Monna

Deborah Secco Portugal

 

 

Atriz usa sensualidade para viver a personagem Monna Foto: TV Globo/Divulgação

Actriz usa sensualidade para viver a personagem Monna

 

Mesmo antes de entrar em cena, Deborah Secco já ensaia um olhar conquistador. Por trás dos longos cabelos vermelhos, a actriz demonstra intimidade e empolgação pela sua actual personagem. A atcriz que está em Decamerão - A Comédia do Sexo, prevista para ocupar as sextas-feiras da Globo a partir do dia 31 de Julho, garante que tal malícia vai muito além do novo visual e das expressões sensuais que a personagem pede.

Na história, inspirada numa coletctânea de contos do escritor italiano Giovanni Boccaccio, e escrita e dirigida por Jorge Furtado, Guel Arraes e Carlos Gerbase, ela encarna Monna, uma mulher fogosa que, apesar de ser casada, faz sexo com vários homens. "Ela é uma bisca. Envolve-se com qualquer um. Costumo a dizer que é um personagem que quer descobrir a felicidade. E vive cometendo erros. É a mocinha romântica desconsertada", defende.

Completamente dentro do clima da microssérie, a actriz chegou a passar o mês de Maio inteiro gravando nas cidades de Garibaldi e Farroupilha, na Serra Gaúcha. Locações escolhidas cuidadosamente para Decamerão. Foi durante este período que a intérprete de Monna diz ter se aprofundado de forma mais intensa no personagem. "Gravar numa locação como esta é incrível, porque a realidade me engole. Esse clima foi o que mais me trouxe para a Monna. Como se eu tivesse mudado de universo", justifica.

A tal "intensidade" à qual a actriz se refere só veio mesmo depois que a microssérie foi aprovada para ter mais quatro capítulos. Na época em que "Decamerão" foi gravado pela primeira vez, em Dezembro, ela ainda estava no ar como a prostituta Maria do Céu, em A Favorita, de João Emanuel Carneiro. Deborah teve de sair por alguns instantes do papel da faixa das oito e entrar no clima da série. Período que a actriz considera como o mais difícil. "Naquela época foi uma correria. Estava gravando a novela e tive de incorporar a Monna de repente. Foi muito louco" relembra.

No segundo momento de gravações, Deborah conta que teve mais facilidade também para decorar o texto, todo escrito em rimas. É pela rima que a actriz não deixa escapar nenhuma palavra. "Os versos me facilitam, e se a palavra me falta, tenho a sonoridade. Além do mais, não posso improvisar", justifica.

O que motivou Deborah a participar do projecto foi a equipa, composta por Guel Arraes e Jorge Furtado. Assim que soube da série, a actriz procurou a direcção da emissora e pediu para estar no elenco do especial de final de ano. Geralmente quem já está no ar em alguma novela, não pode participar de nenhum outro programa. "Cheguei lá dizendo que alguns aparecem pedindo para não trabalhar e eu estava lá pedindo para me deixarem fazer a série", explica. A autorização foi dada e Deborah entrou para o elenco. Com Furtado, a actriz já trabalhou na série A Invenção do Brasil, em 2000, onde interpretou a índia Moema, e no filme Meu Tio Matou Um Cara, em 2004. Em Decamerão, Deborah teve sua personagem escrita especialmente pelo autor e director. "Me sinto muito lisonjeada em saber que esse papel foi escrito para mim. O Jorge é um profissional incrível. O prazer que tenho de trabalhar aqui é indescritível", derrete-se.

Aos 29 anos de idade e 20 de carreira, Deborah acredita que a microssérie trará mais do que personagens maliciosos ou engraçados. A actriz afirma que "Decamerão" é um projecto audacioso que estimula um público diferenciado. "Acho bacana a tevê investir nesse tipo de programa. Quando em uma cena a Monna lê Otelo, o telespectador pode se interessar em ler uma peça de Shakespeare que talvez nunca fosse ler. Despertamos a curiosidade das pessoas a partir daí", filosofa.

Decamerão - A Comédia do Sexo, estreia dia 31 de Julho, às 23 h, na Globo.

 

Fonte: Terra

25
Jul09

Apesar de mais uma personagem sensual na TV como a Monna de 'Decamerão', Deborah Secco diz ser 'muito menina'

Deborah Secco Portugal

A atriz Deborah Secco na entrevista coletiva na manhã desta terça-feira. Foto André Luiz Mello / Divulgação TV Globo

O elenco de "Decamerão" reuniu-se nesta terça-feira, no cinema Estação Ipanema, para divulgar a microssérie de Jorge Furtado, que estreia sexta-feira, dia 31 de Julho, na TV Globo. Apesar da presença do super elenco, formado por Lázaro Ramos, Matheus Nachtergaele, Daniel de Oliveira, Drica Moraes e Leandra Leal, todos os olhares se voltaram para Deborah Secco. A actriz foi alvo da maioria das perguntas por conta do seu recente casamento com o jogador de futebol Roger. Mas a moça não abriu a boca sobre a vida pessoal e preferiu falar sobre Monna, sua personagem na trama, uma mulher que trai o marido com o falso padre, vivido por Lázaro Ramos.

- Monna tem uma sensualidade que não vejo em mim. Na hora de fazer eu me viro, entro no personagem, mas ela é o meu oposto. Sou muito menina - conta a atriz, que diz não entender sua fama de mulher fatal. - Todo mundo ri quando digo que me sinto meio moleca, mas é assim mesmo. Quando fiz meu primeiro personagem mulherão, na novela "Suave veneno", falava para o Daniel Filho que não iria conseguir, que não era eu, mas hoje encaro melhor.

Deborah garante que apesar das cenas ultrassensuais de "Decamerão" ela não precisa explicar nada ao marido, tampouco acalmá-lo e que não existe ciúmes. Mas logo o assunto volta para o trabalho, pois como Deborah disse antes, não quer mais entrar em detalhes sobre sua intimidade.

" Monna tem uma sensualidade que não vejo em mim. Sou muito menina "

- Já falei mais do que deveria, tenho quase 30 anos e estou amadurecendo.

"Decamerão" é inspirado numa série muito popular de mais de cem contos do italiano Giovanni Bocaccio. O formato foi testado num especial de fim de ano da Globo, em dezembro do ano passado e agradou. A microssérie, agora com quatro capítulos, conta a história de três casamentos, em uma mistura de comédia, drama e romance. A novidade fica por conta do texto, todo escrito em versos e, segundo Jorge Furtado, esse foi o grande desafio do projeto.

- É muito difícil pensar em rimas, tem algumas que são muitos difíceis de escrever. E é complicado também para os atores, que não podem improvisar, têm que seguir as falas à risca. Além disso tem o público. Temos que fazer algo que dê para entender e que faça os telespectadores não perceberem que o texto está todo rimado - explica o diretor e um dos roteiristas da série.

Durante um mês elenco e equipe ficaram reunidas em Bento Gonçalves (RS) sob um frio glacial para filmar a série, que foi toda produzida pela Casa de Cinema, produtora de Furtado. Segundo o diretor, conciliar agendas tão atribuladas foi uma das matemáticas mais difíceis do projeto.

- Para passarmos esse mês de maio tranquilos tive que marcar com os actores em Outubro do ano passado. Foi uma ginástico e acho que esse seria o maior empecilho para uma segunda temporada da série. Mas eu adoraria - confessa.

 

Fonte: Globo

23
Jul09

Comédia, drama e romance em Decamerão, nova série da Rede Globo

Deborah Secco Portugal
No elenco estão Deborah Secco, Matheus Nachtergaele e Lázaro RamosTV Globo/TV Globo

Elenco reunido na entrevista colectiva que apresentou a série à imprensa nesta terça, 21 de Julho

Os contos de origem popular do autor italiano Giovanni Bocaccio foram a fonte de inspiração para a composição de Decamerão – A Comédia do Sexo. A série conta a história de três casamentos, numa mistura de comédia, drama e romance. No elenco estão actores como Deborah Secco, Lázaro Ramos, Matheus Nachtergaele, Tonico Pereira, Drica Moraes, Leandra Leal, Fernanda de Freitas e Daniel de Oliveira. O programa tem estreia prevista na Rede Globo para sexta-feira, dia 31 de Julho, logo após o Globo Repórter.

Jorge Furtado, Guel Arraes, Carlos Gerbase e Adriana Falcão construíram o roteiro dos quatro episódios, todos escritos em versos. A direcção é de Ana Luiza Azevedo e do próprio Furtado, que assina a direcção geral e o texto final.

- A dramaturgia é uma aeróbica para a alma. Você se apaixona, chora, sofre e ri - conta Furtado. 

 

O triângulo amoroso entre Monna, Tofano e Masetto

 

Monna (Deborah Secco) é uma criada que, para herdar a fortuna do ex-patrão Spininellochio (Tonico Pereira), casa-se com o filho dele, Tofano (Matheus Nachtergaele). Após consumarem o matrimónio, o rapaz cai de amores pela moça. Já ela, no entanto, não consegue esconder que tem sentimentos por outra pessoa, o padre Masetto (Lázaro Ramos). Ela culpa-se por não conseguir parar de sonhar com o pároco e resolve confessar-se.

No confessionário, uma surpresa: Masetto (Lázaro Ramos) revela que não é padre. Ele conta para a moça como conseguiu a batina e diz que seus sentimentos são recíprocos. Os dois embarcam, então, num grande romance às escondidas. Com a desculpa de que vai se confessar, todos os dias, Monna (Deborah Secco) sai de casa para encontrar o “falso sacerdote”.

Tofano (Matheus Nachtergaele) percebe a agitação de Monna (Deborah Secco) e começa a cultivar um ciúme doentio. Ele enlouquece pensando em maneiras de testar a fidelidade da esposa, enquanto ela se utiliza de artimanhas para burlar as armadilhas do marido.

A série Decamerão – A Comédia do Sexo tem estreia prevista para o dia 31 de julho, logo após o Globo Repórter. O programa tem roteiro de Jorge Furtado, Guel Arraes, Carlos Gerbase e Adriana Falcão e direção geral de Jorge Furtado.

 

Fonte: Globo

23
Jul09

"Como bastante, mas não engordo", diz Deborah Secco

Deborah Secco Portugal
Deborah Secco completa 30 anos este ano e não poderia estar melhor: casada com o homem da sua vida, com a vida profissional a mil e com um físico de dar inveja. Para completar a lista, a actriz confessou, na cara dura, que tem dificuldade em engordar, portanto pode se dar ao luxo de comer "gostosuras proibidas" para meras mortais.
Deborah conversou com o Famosidades e revelou que durante as gravações de "Decamerão, A Comédia do Sexo", que foram no Rio Grande do Sul, enfiou o pé na jaca e até faturou uns quilinhos.
"Olha, eu como bastante e não engordo com facilidade. Mas lá eu engordei. Tinha café colonial, capeletti, que a gente comia todas as noites, chocolate, pastel, sonho. Eu me deliciei. Todos os dias eu pedia 'negrinho', que é o nome do brigadeiro lá. Mas agora já perdi tudo que ganhei, porque voltei para minha rotina, para meu Pilates diário", disse.
Na série, a atriz interpreta Monna, uma criada que casa com o filho do ex-patrão para herdar a fortuna deixada pelo velho. Para a moça, Deborah precisou radicalizar e pintar o cabelo de vermelho. "A Monna não podia ser de outra maneira. Quando vestimos a saia vermelha dela, eu percebi que era aquilo, tinha de ser assim mesmo. Pior que o vermelho era o comprimento, porque o cabelo vinha liso até o umbigo. Era muito difícil de cuidar. Eu lavava todos os dias e não dava para ficar com solto", afirmou.
Durante o mês na serra gaúcha rodando tomadas da série, o frio intenso foi uma das dificuldades do elenco. "Mas para espantá-lo, nós tínhamos aquecedor e cobertor. A gente ficava enroladinho até a hora de filmar. Acho que em cena a gente esquece essas coisas: frio, vergonha. Não falo por todos os atores, mas quando eu estou em cena eu me distancio da minha realidade e entro no mundo do personagem", falou.
E a saudade? Como será que ficou durante o período longe da família e de Roger? "Ah, não foi a primeira vez. A gente tem que viajar para trabalhar. Acho que isso é uma rotina na vida do actor. Quando eu estava gravando 'América' fiquei dois meses fora. Foram 45 dias no México, mais 10 em Miami, depois eu voltei direto para Manaus, depois fui para Barretos. Mas quando a gente trabalha com o que gosta fica mais fácil", opinou Deborah.
Além de "Decamerão", Deborah está envolvida em outros projectos: "Mas não posso falar ainda". A bela também foi selecionada por Gilberto Braga para sua próxima trama, e já adiantou que vai ficar longe das novelas a pedido do autor. Por enquanto, a actriz aproveita mais uma semana de férias.
 
Fonte: Msn
23
Jul09

'Eu não sabia dizer não, ficava coagida', diz Deborah Secco sobre expor sua vida

Deborah Secco Portugal

'Já falei mais do que deveria, tenho quase 30 anos e estou amadurecendo'

 

Carlos Zambrotti /Ag. News

Deborah Secco no lançamento de 'Decamerão'

Depois driblar a imprensa ávida por fotos de seu casamento com o jogador Roger - ninguém, tirando os seus convidados, conseguiu vê-la de noiva -, Deborah Secco disse que não se incomoda com o assédio da imprensa, mas que aprendeu a preservar  a sua intimidade.

 

"Prefiro não falar sobre casamento. Mas não me incomoda em nada a imprensa e as pessoas quererem saber. Eu não escondi, apenas não mostrei", disse durante a entrevista colectiva sobre a série "Decamerão", que estreia em 31 de Julho na Rede Globo.

 

"Não quero ser antipática, mas casamento não é uma festa, um evento, é uma coisa íntima, familiar. Prefiro que essas pequenas emoções da minha rotina fiquem guardadas. É de onde eu tiro minha matéria-prima para atuar. Decidi isso depois de muitos anos refletindo. Já falei mais do que deveria, tenho quase 30 anos e estou amadurecendo. Pode ser que daqui a seis meses eu fale tudo diferente, mas antes não sabia dizer não, ficava coagida. Estou falando isso por mim, não pelo Roger", completou.

 

Fonte: Eg

23
Jul09

Secco: "Eu não escondi meu casamento, só não mostrei"

Deborah Secco Portugal

Secco: “Eu não escondi meu casamento, só não mostrei”

Desde que anunciou o casamento com o jogador Roger Flores, Deborah Secco (e a sua assessoria de imprensa) não teve mais sossego. Há algum tempo, a actriz decidiu por não falar mais sobre sua vida pessoal e atribui essa decisão ao "processo de amadurecimento" pelo qual está passando.
 
O casório com Roger foi superíntimo e longe dos cliques dos paparazzi. Mas, ao falar abertamente sobre o assunto pela primeira vez, Deborah defendeu-se e, ao contrário do que a mídia rotulou, a cerimónia não foi escondida.
"Eu não escondi o meu casamento, eu apenas não mostrei. São duas coisas diferentes. A exposição involuntária existe e a gente precisa dela, e convive com isso. Mas tem uma exposição opcional, que é você abrir o que tem de mais secreto e sagrado e mostrar para as pessoas. Esse tipo eu opto hoje por não mostrar. Eu acho que a matéria-prima do actor é observar, olhar para as pessoas, analisar e 'roubar' coisas delas. Não é ser observado. Quando isso acontece, você fica sem matéria-prima nenhuma", disse a bela ao Famosidades.
Deborah e Roger casaram-se num castelo em Itaipava, na região serrana do Rio de Janeiro, no início de Junho. Apesar de a imprensa ficar "plantada" na porta do local, nenhum clique foi feito da moça de branco.
"Todo mundo fala que agora estou antipática, que antes eu era legal. Eu não mudei, mas optei por não mostrar mais. Casamento não é uma festa, um evento. É uma coisa completamente íntima, e só estavam os meus amigos verdadeiros e os meus familiares. Eu prefiro que essas pequenas emoções da minha rotina fiquem para mim. Demorei alguns anos para mudar e hoje eu prefiro deixar esse meu tesourinho guardado", afirmou a actriz.
Neste ano, Deborah completa 30 anos e 21 de carreira, e ela garante que o "processo de amadurecimento" ainda não terminou. "Ainda não me sinto uma mulher madura, eu sempre digo que ainda estou no meio do processo. Pode ser que vocês me encontrem daqui a seis meses e eu fale tudo diferente. Mas hoje meu lado 'artista' está me pedindo para que me preserve", revelou.
Como a fama chegou muito cedo, Deborah confessou que demorou a aprender a falar "não" quando perguntavam algo que não queria responder. "Eu me sentia coagida e não sabia como me colocar. Você vai aprimorando até na forma de falar isso para as pessoas. Hoje eu estou conseguindo falar 'não'. Não pelo Roger, mas por mim", disse.
Linda como sempre, Deborah, assim como a maioria das actrizes que chega aos 30, acredita que a idade é especial. "O máximo da mulher é depois dos 30, porque você tem uma beleza mais consciente. Uma beleza que não é só externa; ela tem conteúdo, tem estofo, não é vazia. Acho que esse tipo é o mais importante", declarou.
 
Fonte: Msn
23
Jul09

Deborah Secco e Daniel de Oliveira encontram-se na colectiva de 'Decamerão'

Deborah Secco Portugal

Lázaro Ramos e Matheus Nachtergaele também estão no elenco

 

A actriz Deborah Secco e o actor Daniel de Oliveira encontraram-se na colectiva da minissérie "Decamerão – A Comédia do Sexo" nesta terça, 21, no Rio. Lázaro Ramos, Leandra Leal e Matheus Nachtergaele também estão no elenco, que se reuniu para apresentar o programa à imprensa. O programa tem estreia prevista para sexta-feira, dia 31 de Julho, depois do ‘Globo Repórter’.  

 

Carlos Zambrotti /Ag. News

Deborah Secco e Daniel de Oliveira

Thyago Andrade e Carlos Zambrotti/Ag. News

Matheus Nachtergaele, Deborah Secco e Leandra Leal

Roberto Teixeira/Photo Rio News

Deborah Secco

Roberto Teixeira/Photo Rio News

Elenco reuniu-se para apresentar minissérie

Fonte: Ego

23
Jul09

Deborah Secco vai viver triângulo amoroso na nova série ‘Decamerão’

Deborah Secco Portugal

Na trama, Matheus Nachtergaele e Lázaro Ramos disputam a sexy Monna.
Dirigida por Jorge Furtado, série estreia dia 31 de julho, na TV Globo.

 

“É legal fazer uma personagem assim, tão distante do que eu sou. Ela é forte e sensual; eu não me acho sexy, sou mais delicada”, afirma a aCtriz Deborah Secco sobre a bela Monna, interpretada por ela na série “Decamerão – A comédia do sexo”. No ar a partir de 31 de Julho, na TV Globo, o programa traz Secco entre dois amores: o marido, Trofano, vivido por Matheus Nachtergaele, e o amante, o falso padre Masetto, encarnado por Lázaro Ramos. O diretor Jorge Furtado e o elenco reuniram-se nesta terça-feira (21) no Rio para apresentar a nova à série à imprensa.

 

Foto: Divulgação/TV Globo

Deborah Secco como a sexy Monna, entre Nachtergale e Lázaro Ramos

“É uma união deslumbrante, é muito raro juntar actores tão talentosos e que se gostam de verdade”, diz Nachtergaele sobre o trio de protagonistas de “Decamerão”. “Adoro trabalhar com Furtado e com a Deborah e o Matheus, é muito gostoso; tem cenas de muita sensualidade, mas com elegância”, afirma Lázaro Ramos.

Eles passaram mais de um mês na Serra Gaúcha gravando os quatro capítulos da série, que é baseada nos contos populares do autor italiano Giovanni Bocaccio. “Ficamos tanto tempo juntos, longe de casa, que virou quase uma família; deixou saudade”, conta Deborah Secco. Drica Moraes, Leandra Leal, Daniel de Oliveira, Edmilson Barros e Fernanda de Freitas completam o elenco. 

 

 Foto: André Luiz Mello/Divulgação

Os três actores durante coletiva nesta terça

Comédia e romance

A trama gira em torno de Monna (Secco), uma criada que se casa por interesse com o filho do patrão, Trofano (Nachtergaele), que se vê obrigado a seguir o matrimônio para ter direito à herança do pai. “No primeiro episódio eles se odeiam, mas depois de casar eles vão se conhecendo e se apaixonando”, conta Deborah. “Ele é corno, arrogante e maltrata os criados, mas é um dos personagens mais sinceros da história”, conta Nachtergaele sobre Trofano.

Com a atirada Monna de um lado e o ciumento Trofano do outro, o triângulo amoroso fica completo quando ela cai de paixões por Masetto (Ramos), um golpista que finge ser padre. “Na verdade, o que costura essa série são esses  artifícios usados pelos personagens para conquistar o amor, o sexo e o poder”, conta Lázaro.

Para os actores, o maior desafio das gravações de “Decamerão” foi seguir as falas, que são totalmente escritas em rimas. “É difícil mesmo, os atores têm que ensaiar muito para falar naturalmente”, diz o diretor gaúcho, que também é responsável texto do programa. “No início, tive dificuldades para decorar o texto, porque não podemos mudar nem um pouquinho”, diz Lázaro Ramos. “A gente tentava improvisar, mas éramos cortados”, acrescenta Deborah rindo. “Já que não dava para mudar as palavras, a gente teve que improvisar onde dava: nas caretas”, afirma Matheus.

 

Fonte: G1

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

BEM VINDO (A)

Bem-vindo a este blog dedicado à talentosa actriz brasileira Deborah Secco. Aqui encontrarás as últimas notícias, fotos, videos e muito mais sobre a Deborah. Espero que gostes do meu trabalho e volta sempre que quiseres.

Elite

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Informações Blog

Dedicado: Deborah Secco Desde: 24 de Maio de 2008 Administradora: Patrícia Nome: Deborah Secco Portugal
Em destaque no SAPO Blogs
pub