Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

deborahsecco

deborahsecco

31
Jul09

Decamerão, minissérie da Globo, estreia hoje (no Brasil)

Deborah Secco Portugal

Divulgação, TV Globo

 Deborah Secco e Drica Moraes estão na série que estreia hoje no Brasil, às 23h, na RBS TV

 Oficialmente, são três os casais de Decamerão – A Comédia do Sexo: os recém-casados Monna (Deborah Secco) e Tofano (Matheus Nachtergaele), os apaixonados Isabel (Leandra Leal) e Filipinho (Daniel de Oliveira) e os criados Tessa (Drica Moraes) e Calandrino (Edmilson Barros). Mas essa harmonia romântica, já nada estável no lugar onde a libido está em alta, vai entrar em ebulição por conta de um falso padre sedutor.

Não confunda o italiano com o português

Um nada tem a ver com outro. Giovanni Boccaccio (1313 – 1375), autor de Decamerão, tao pouco é contemporâneo a Manuel Maria Barbosa du Bocage (1765 – 1805). Boccaccio, considerado o primeiro grande romancista da literatura italiana, deixou como legado um talento narrativo em prosa e verso que influenciou autores como William Shakespeare. Bocage teve forte presença na literatura portuguesa como autor de textos satíricos e libertários inspirados em sua vida de aventura e boemia que, por vezes, o colocou em apuros com as autoridades.

 

Fonte: Noveleiros

30
Jul09

Decamerão - A comédia do sexo: A ESPOSA E O MARIDO

Deborah Secco Portugal

A esposa


Deborah Secco está longe da televisão desde Janeiro deste ano, quando a novela A Favorita (Globo) terminou. O que a manteve na mídia foi a sua vida pessoal - a bela casou-se com o jogador Roger num castelo no Rio e as bodas deram o que falar. Agora, prestes a voltar para as casas brasileiras encarnando Monna, a sua personagem na série Decamerão, ela foge das perguntas sobre a sua vida de casada e volta a frequentar o imáginário masculino. Na pele da personagem ela exala erotismo. Ela é a criada, casada por conveniência com Tofano que tem sonhos pecaminosos com o padre da paróquia Masetto (Lázaro Ramos). “Quando a minha personagem descobre que ele não é padre, começamos um romance às escondidas”, revela a actriz. Então, para se “confessar”, Monna sai de casa todos os dias para encontrar o padre.

Prato cheio para a ala masculina, a personagem não a constrange, mas a inspira. “Monna é uma mulher muito forte, muito capaz”, discursa Deborah que passa boa parte de série de camisola.

O esforço da actriz, aqui, é para desconstruir a imagem consolidada por lolitas como Íris e exibicionistas como Darlene. “Não tenho muita coisa da Monna, não. Tenho muito jeito de menina. Não sou uma pessoa sensual”, desconversa, apesar de ter ficado famosa justamente pelos seus papéis sensuais na televisão.

E o que o marido Roger pensa ao vê-la em tantas cenas de camisola, nos braços de Lázaro Ramos, na cama com Matheus Nachtergaele e nua em banho de tonel? A resposta é ríspida: “Não tem que explicar nada”.

Técnica natural

O currículo de Deborah é recheado de personagens belas e, em cena, diz que a sensualidade não lhe é natural. “Não tenho pudores com a nudez, porque a dedicação ao trabalho, à actuação, faz esquecer qualquer vergonha. Na hora da cena a gente entra na personagem”, explica. “No meu primeiro papel sensual, com Daniel Filho, cheguei a discutir com ele, achei que não daria certo, não conseguiria fazer.”

O marido


Consagrado depois de dirigir seu primeiro longa-metragem, o impactante "A festa da menina morta", Matheus Nachtergaele está em Decamerão, como Tofano, um sovina que se casa por interesse com Monna (Deborah Secco). Durante as gravações da série, em Garibaldi (RS), o actor falou sobre o personagem, mais um sujeito especial na sua galeria de tipos.

“Tive muita saudade de ser actor durante as filmagens de "A festa da menina morta". Foi um processo realmente feliz, mas actor é minha vocação primeira. Posso até vir a dirigir outros filmes, mas ser dirigido ainda é um prazer maior”, relata o ator que, mesmo contratado pela Globo, está longe das novelas desde 2005, quando terminou América. Não que tenha sido preterido, muito pelo contrário. Dono de raro talento e reconhecido por diretores da casa ele, tem sido convidado a participar das melhores produções da Globo. Foi assim em Queridos amigos; Ó paí, ó e, agora, com Decamerão.

“É maravilhoso, não só porque os textos são bons, mas porque o Jorge (Furtado) tem um jeito de dirigir muito carinhoso. É um trabalho lindo, feito em película. As cenas quase que vão por si, e levam a gente no ritmo delas”.

Rima combina

O actor compara a sua interpretação na nova série com a de um cantor, o que se explica pelo texto, todo rimado que ele diz combinar perfeitamente com a atuação.

“É uma grande onda. E e uma onda musical. Você tem de entender a musicalidade do programa todo para fazer as suas cenas. Tem de saber o texto dos outros actores, e perceber o ritmo deles. E ensaiar, para primeiro poder se ouvir e deixar essa canção da poesia muito marcada, para depois abandoná-la e ficar nas intenções - daí, você para de declamar e pode viver as situações. A poesia fica decantada em você.”

E como se não bastasse a poesia ele ainda faz dupla com a bela Deborah Secco.
“Ah, é ótimo! Quem diria!”

 

Fonte: Parana Online

30
Jul09

DECAMERÃO: Como se fosse uma fábula

Deborah Secco Portugal

Deborah Secco vive a infiel Monna e Lázaro encarna um papel de galã

 

Para Jorge Furtado não existe diferença entre TV e cinema. A qualidade e o empenho que o director dedica aos dois é a mesma. Basta assistir a ´Decamerão - A comédia do sexo´, inspirada nos textos do italiano Giovanni Bocaccio, que estreia nesta sexta-feira, após o ´Globo repórter´

A microssérie de apenas quatro capítulos recebeu o selo de qualidade do director e da sua produtora, a Casa de Cinema. Tudo ali foi pensado para ser exactamente daquele jeito, os actores - um grupo de primeira linha que inclui nomes como Lázaro Ramos, Deborah Secco, Mateus Nachtergaele, Daniel de Oliveira, Leandra Leal e Drica Moraes - , convocados com meses de antecedência, a locação, a luz, os detalhes...

´Para mim não existe distinção. Tenho um prazer enorme nesse trabalho, pois é um projecto antigo. E lida com a fantasia, que me agrada muito mais que a realidade. Acho que a TV está saturada de hiperrealismo´, explica o director.

O local é um achado que confere um ar atemporal ao especial. As baixíssimas temperaturas produziram um nevoeiro que só ajudou a criar o tal clima místico que Furtado procurava. ´A impressão que a gente tem é que a qualquer momento vão sair pelo bosque a Branca de Neve e os Sete Anões´, brinca.

A primeira adaptação que Furtado fez dos contos de Bocaccio foi no especial exibido no fim do ano passado. O programa serviu de embrião para a microssérie, que narra as aventuras de personagens clássicos da ´commedia dell’arte.´

´Na hora que o Jorge me chamou para fazer a Monna eu topei. Primeiro, porque adoro trabalhar com ele, segundo porque me identifico com a personagem, uma mulher que está em busca do amor verdadeiro´, conta Deborah Secco, que precisou tingir os cabelos de ruivo e decorar textos em versos para compor a sua personagem. ´Decorar nem é o problema, o difícil é fazer tudo soar com naturalidade´, completa a actriz.

Poético

Furtado diz que o roteiro, todo rimadinho, deu o maior trabalho, mas ajudou a criar o tal clima de fábula que ele buscava. ´Diálogos em rima te distanciam da realidade e resolvi radicalizar mesmo. Acho que o público gosta de novidade. Só ficou pior para os actores, que não podem improvisar no texto´.

Mas ninguém reclama, pelo contrário. Mateus Nachtergaele, por exemplo, é só alegria com seu personagem , o patético e corno Tofano. ´Normalmente eu faria o papel de Edmilson Barros, o Calandrino, que é o bufão, o palhaço. Mas estou com o sujeito sério, o burguês ridículo. É gostoso estar em outra função dentro da comédia´, comemora o actor.

Actor fetiche

Lázaro (Masetto) também parece satisfeito com seu falso padre, que tem um caso com uma mulher casada, vivida por Deborah Secco. ´Nunca sou galã de nada. Acho bom poder exercitar esse meu lado´, brinca o ator, que já trabalhou com Deborah em ´Meu tio matou um cara´, e com Leandra Leal em ´O homem que copiava´, ambos com direcção de Furtado.

´O Lázaro é meu actor-fetiche´, brinca o director, que comandava o clima família da produção. ´A minha equipa da Casa de Cinema está comigo há 25 anos. Procuro sempre trabalhar com os mesmo actores´.

O director não descarta a possibilidade de uma segunda temporada de ´Decamerão´, mas acredita que o maior empecilho é conseguir conciliar as agendas dos actores.

Se depender de Daniel de Oliveira é só marcar que ele vai. No seu primeiro trabalho com o director, o actor diz ter adorado viver o comerciante Filipinho, marido de Isabel (Leandra Leal). ´Foi meu papel mais comédia e ele ainda é bem caricatural, como todos os personagens. Por isso é tão divertido´.
 

Fonte: Zoeira

30
Jul09

VIDEO: Decamerão, a comédia do sexo, está de volta

Deborah Secco Portugal

Lázaro Ramos, Deborah Secco e elenco falam ao Fantástico sobre Decamerão - A Comédia do Sexo

 

O especial de fim de ano vai ser exibido nas noites de sexta-feira. A obra-prima escrita pelo italiano Giovanni Boccacio é uma colecção de humor e sexo. Vejam um dos contos...

 

 

 

30
Jul09

Em 'Decamerão', Deborah Secco usa sensualidade para viver Monna

Deborah Secco Portugal

 

 

Atriz usa sensualidade para viver a personagem Monna Foto: TV Globo/Divulgação

Actriz usa sensualidade para viver a personagem Monna

 

Mesmo antes de entrar em cena, Deborah Secco já ensaia um olhar conquistador. Por trás dos longos cabelos vermelhos, a actriz demonstra intimidade e empolgação pela sua actual personagem. A atcriz que está em Decamerão - A Comédia do Sexo, prevista para ocupar as sextas-feiras da Globo a partir do dia 31 de Julho, garante que tal malícia vai muito além do novo visual e das expressões sensuais que a personagem pede.

Na história, inspirada numa coletctânea de contos do escritor italiano Giovanni Boccaccio, e escrita e dirigida por Jorge Furtado, Guel Arraes e Carlos Gerbase, ela encarna Monna, uma mulher fogosa que, apesar de ser casada, faz sexo com vários homens. "Ela é uma bisca. Envolve-se com qualquer um. Costumo a dizer que é um personagem que quer descobrir a felicidade. E vive cometendo erros. É a mocinha romântica desconsertada", defende.

Completamente dentro do clima da microssérie, a actriz chegou a passar o mês de Maio inteiro gravando nas cidades de Garibaldi e Farroupilha, na Serra Gaúcha. Locações escolhidas cuidadosamente para Decamerão. Foi durante este período que a intérprete de Monna diz ter se aprofundado de forma mais intensa no personagem. "Gravar numa locação como esta é incrível, porque a realidade me engole. Esse clima foi o que mais me trouxe para a Monna. Como se eu tivesse mudado de universo", justifica.

A tal "intensidade" à qual a actriz se refere só veio mesmo depois que a microssérie foi aprovada para ter mais quatro capítulos. Na época em que "Decamerão" foi gravado pela primeira vez, em Dezembro, ela ainda estava no ar como a prostituta Maria do Céu, em A Favorita, de João Emanuel Carneiro. Deborah teve de sair por alguns instantes do papel da faixa das oito e entrar no clima da série. Período que a actriz considera como o mais difícil. "Naquela época foi uma correria. Estava gravando a novela e tive de incorporar a Monna de repente. Foi muito louco" relembra.

No segundo momento de gravações, Deborah conta que teve mais facilidade também para decorar o texto, todo escrito em rimas. É pela rima que a actriz não deixa escapar nenhuma palavra. "Os versos me facilitam, e se a palavra me falta, tenho a sonoridade. Além do mais, não posso improvisar", justifica.

O que motivou Deborah a participar do projecto foi a equipa, composta por Guel Arraes e Jorge Furtado. Assim que soube da série, a actriz procurou a direcção da emissora e pediu para estar no elenco do especial de final de ano. Geralmente quem já está no ar em alguma novela, não pode participar de nenhum outro programa. "Cheguei lá dizendo que alguns aparecem pedindo para não trabalhar e eu estava lá pedindo para me deixarem fazer a série", explica. A autorização foi dada e Deborah entrou para o elenco. Com Furtado, a actriz já trabalhou na série A Invenção do Brasil, em 2000, onde interpretou a índia Moema, e no filme Meu Tio Matou Um Cara, em 2004. Em Decamerão, Deborah teve sua personagem escrita especialmente pelo autor e director. "Me sinto muito lisonjeada em saber que esse papel foi escrito para mim. O Jorge é um profissional incrível. O prazer que tenho de trabalhar aqui é indescritível", derrete-se.

Aos 29 anos de idade e 20 de carreira, Deborah acredita que a microssérie trará mais do que personagens maliciosos ou engraçados. A actriz afirma que "Decamerão" é um projecto audacioso que estimula um público diferenciado. "Acho bacana a tevê investir nesse tipo de programa. Quando em uma cena a Monna lê Otelo, o telespectador pode se interessar em ler uma peça de Shakespeare que talvez nunca fosse ler. Despertamos a curiosidade das pessoas a partir daí", filosofa.

Decamerão - A Comédia do Sexo, estreia dia 31 de Julho, às 23 h, na Globo.

 

Fonte: Terra

15
Jul09

ENQUETE: QUAL DAS PERSONAGENS ABAIXO A DEBORAH SECCO ESTAVA + BONITA?

Deborah Secco Portugal

O blog tem uma nova enquete sobre a Deborah. Desta vez gostava de saber para vocês em que novela acham que a Deborah estava mais bonita. Para todos aqueles que já não se lembram muito bem dos looks da Deborah nessa personagens deixo-vos aqui algumas fotos de cada personagem para vos relembrar e facilitar a escolha:)

 

MARINA EM "SUAVE VENENO"

 

 

 

IRIS EM "LAÇOS DE FAMÍLIA"

 

 

 

 

 LARA EM "O BEIJO DO VAMPIRO"

 

 

 

 

 

 

DARLENE EM "CELEBRIDADE"

 

 

 

 

 

 

 

SOL EM "AMÉRICA"

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CÉU EM "A FAVORITA"

 

 

 

 

MONNA EM "DECAMERÃO - A COMÉDIA DO SEXO"

 

 

 

 

border=0 width=0 height=0 src="http://counters.gigya.com/wildfire/IMP/CXNID=2000002.0NXC/bT*xJmx*PTEyNDc2ODg5MDUyODImcHQ9MTI*NzY4ODkxMzI5NCZwPTUzMTUxJmQ9Jmc9MSZvPTFjYWE*ZWI*YjUzYzQzMWNhMzJhNDNhMjQzOThiNDg4.gif" />
Get your own Poll!

14
Jul09

Deborah Secco volta à TV em 'Decamerão'

Deborah Secco Portugal
Deborah Secco está no elenco de Decamerão Foto: Fabio Rebelo/TV Globo/Divulgação

Deborah Secco está no elenco de Decamerão
 

"Fazer comédia pode até ser difícil", admite Deborah Secco, "mas dá mais prazer do que fazer drama". No próximo dia 31, a actriz reaparece na TV como a engraçada Monna, mulher de Tofano, de Matheus Nachtergaele, na microssérie Decamerão - A Comédia do Sexo, que estreia na Globo. "É um papel difícil, cheio de nuances, mas usei como ponto de partida a Helena, de Shakespeare", valoriza.

Serão quatro capítulos, sempre exibidos depois do Globo Repórter, às sextas-feiras. As gravações aconteceram no Sul do Brasil e renderam momentos hilários também para o elenco. "A gente riu muito, se divertiu. Espero atender à expectativa dos directores que acreditaram em mim para esse projecto", diz ela que, mesmo em novelas, sempre se deu melhor com personagens cómicos como a manicure Darlene, de Celebridade, enquanto a chorosa Sol, protagonista de América, não foi tão bem.

Mesmo assim, a actriz não se vê como uma pessoa engraçada: "No meu dia a dia sou quieta". Decamerão é o primeiro trabalho de Deborah na TV depois de seu tão esperado - e sigiloso - casamento com o jogador Roger. Ela, no entanto, evita falar sobre o assunto e não revela como vai conciliar a vida pessoal com a carreira, já que o marido mora no Qatar.

Reservada para a próxima trama de Gilberto Braga, Deborah diz que ainda não sabe detalhes sobre a personagem. "Mas com ele como autor, aceito o que for, de olhos fechados. Temos liga", derrete-se. A nova microssérie da Globo é escrita por Jorge Furtado, Guel Arraes, Carlos Gerbase e Adriana Falcão, com direcção de Ana Luiza Azevedo e Furtado.

 

Sem crise: "Sempre quis ter 30 anos"
Deborah completa 30 anos em Novembro, mas jura que com ela não existe essa história de crise da idade. "Sempre quis ter 30. Acho a fase mais incrível da vida de uma mulher. Ela está mais madura, com mais conteúdo", defende. Desde criança na TV, Deborah já chegou a ser apontada como uma das actrizes mais belas do Brasil. Ela garante, no entanto, que não fica pensando nisso.

"Há quem defenda que beleza atrapalha. Outros dizem que ajuda. Eu foco no trabalho e estudo. Isso é o importante", determina. Com quase 20 anos de carreira, Deborah afirma que hoje já não sente necessidade de provar algo a ninguém. "Ainda tenho muito o que aprender. Mas só preciso provar algo para mim mesma", diz.

 

Fonte: Terra

13
Jun09

Deborah Secco e Matheus Nachtergaele vivem casal em “Decamerão”

Deborah Secco Portugal

Veja as primeiras fotos da minissérie

 

 Divulgação / TV Globo
Edmilson Barros, Drica Moraes, Deborah Secco, Daniel de Oliveira, Leandra Leal, Matheus Nachtergaele e Lázaro Ramos
 
 
Deborah Secco, Lázaro Ramos e Matheus Nachtergaele são alguns dos actores que estão no elenco de “Decamerão – A Comédia do Sexo”.

A trama é inspirada nos contos do escritor Giovanni Boccaccio e conta a história do patrão Tofano (Matheus Nachtergaele), a sua mulher Monna (Deborah Secco), o falso padre Masetto (Lázaro Ramos), os criados Tessa (Drica Moraes) e Calandrino (Edmilson Barros), e o romântico casal em crise Filipinho (Daniel de Oliveira) e Isabel (Leandra Leal) cujas histórias se entrelaçam.

As gravações aconteceram nos arredores das cidades de Farroupilha e Garibaldi, no Rio Grande do Sul. Serão quatro episódios, com estreia prevista para 31 de Julho no Brasil.
 

 Divulgação / TV Globo
 
Fonte: Quem
24
Mai08

BIOGRAFIA DE DEBORAH FIALHO SECCO

Deborah Secco Portugal

 

Nome completo Deborah Fialho Secco
Nascimento

26 de Novembro de 1979

(26-11-1979) (29 anos)
Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Nacionalidade Brasileira
Ocupação Actriz
Principais trabalhos TV:
  • Maria do Céu em A Favorita
  • Betina em Paraíso Tropical
  • Elizabeth em Pé na Jaca
  • Sol em América
  • Darlene em Celebridade
  • Lara em O Beijo do Vampiro
  • Íris em Laços de Família
Prêmios APCA 1995 - Actriz Revelação Confissões de Adolescente
Cônjuge Roger Flores (2009)

 

Deborah Fialho Secco, nasceu no dia 26 de Novembro de 1979, no Rio de Janeiro e é uma talentosa actriz brasileira.

 

Deborah nasceu numa família de classe média baixa, filha de Sílvia Regina Fialho, dona-de-casa, e de Ricardo Secco, professor de matemática. Ela tem dois irmãos, Ricardo e Bárbara.

 

Iniciou a sua carreira na televisão aos oito anos de idade.

 

Na infância, brincava de ser actriz. Desde cedo, Deborah já mostrava que o sucesso era uma questão de tempo. Quando era criança, gostava de ir para o semáforo tentar conseguir dinheiro dos motoristas. Porém, o objectivo não era enganar, mas fazer as pessoas acreditarem na sua história de menina de rua.

O seu primeiro trabalho foi uma publicidade na televisão com apenas 8 anos.

 

Fez ainda ao longo da sua carreira propagandas da Le Postiche, Havaianas, Intelig, Mid Sugar, Mega Bazar Ação Criança, Atroveran, "Sou Careta, Drogas Bah", Terra, Tele Sena, Planet Girls, Avon, Vivo, Brasil Telecom, Óticas Carol, Puramania e para a loja Esplanada. Em Portugal foi a cara do Guaraná Brasil e da marca de roupa "Throttleman" ao lado do actor português José Fidalgo.

 

Deborah na publicidade do "Guaraná" Brasil transmitido em Portugal em 2004. Foi um sucesso!

 

Trabalhou no programa da Angélica, na TV Manchete, no "Clube da Criança".

 

Em 1990, Deborah estreou na televisão na novela Mico Preto onde fazia a pequena Denise.

 

 

O primeiro papel de destaque na televisão foi na série Confissões de Adolescente, na TV Cultura, em 1994 e tinha apenas 13 anos. O série era baseada na peça homônima de Maria Mariana, em que intepretava Carol (foto).

 

Em 1999, posou pela primeira vez para a Playboy. No mesmo ano participou da telenovela Suave Veneno, na Rede Globo , como a "maria-chuteira" Marina.

 

Deborah no papel de Marina em "Suave Veneno"

 

E a primeira vilã da sua carreira "Íris", em Laços de Família"

 

Em 2000 actuou como a vilã Íris, em Laços de Família. Logo após, em 2001, fez a sua primeira protagonista, Cecília, em A Padroeira.

 

Deborah e Mariana Ximenes divertidas nas gravações de "A Padroeira"

 

Em 2002, posou novamente para a Playboy e foi a vilã cómica, Lara na telenovela O Beijo do Vampiro.

Sensual como Lara no "Beijo do Vampiro"

 

Deborah aprontou muito com a sua Darlene em "Celebridade"

 

Em 2003, foi a vez da atrapalhada Darlene Sampaio, de Celebridade, uma personagem que tinha como objectivo a fama a qualquer custo.

 

Devido ao sucesso das personagens anteriores, Glória Perez convidou Deborah Secco para protagonizar a lutadora Sol em "América" ao lado de Murílo Benício.

 

Em 2005, conseguiu a sua primeira protagonista no horário nobre e actuou como Sol, em "América", uma mulher que tem o sonho de ganhar a vida nos Estados Unidos mesmo que seja como imigrante ilegal. Deborah Secco brilhou indiscutívelmente nesta novela.

 

Em 2006, participou do quadro Dança no Gelo do programa "Domingão do Faustão", ficando em terceiro lugar. Na metade desse quadro, ela fracturou duas costelas, mas não desistiu do jogo.

 

No mesmo ano, interpretou a sua terceira protagonista e ao mesmo tempo sua segunda vilã, a perversa Elizabeth, na telenovela Pé na Jaca.

Em seguida, em 2007, fez uma participação especial em Paraíso Tropical, como a prostituta Betina.

 

Em 2008, interpretou uma das co-protagonistas da novela A Favorita, onde viveu a retirante ambiciosa e dissimulada Maria do Céu.

 

 

Neste ano, 2009, ela participou no episódio especial, "Decamerão - A comédia do sexo", interpretando a enfermeira Monna. Com muitos elogios, o especial entrou para a programação da rede Globo e virou mini-série transmitida em Julho do mesmo ano.

 

Entre os namorados que já teve, constam os actores Dado Dolabella, Maurício Mattar, Marcelo Faria, Rogério Gomes, o músico Marcelo Falcão (vocalista da banda O Rappa) e o jogador de futebol Roger Galera Flores.

 

Começou a namorar com o jogador de futebol Roger Flores ainda este era meio-campo do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense e no dia 6 de Junho de 2009 oficializaram o seu amor num bonito casamento num castelo em Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro.

 

Dias antes do seu casamento, Deborah Secco concedeu a única entrevista sobre o seu casamento à revista "Isto é Gente"

 

Fez um ensaio sensual para o site Paparazzo em 2001 e foi capa da Playboy em Agosto de 1999 e em Agosto de 2002.

 

No dia 24 de Maio de 2008, nasceu o primeiro blog dedicado à talentosa actriz, deborahsecco.blogs.sapo.pt.

 

Mocinha, vilã, cómica, dramática, após 20 anos de carreira, a irmã da Barbara e do Ricado já mostrou ter talento para qualquer tipo de personagem. Foram cerca de 15 novelas, 7 filmes , minisséries, séries e participações especiais.

 

Menina mulher, assim pode ser definida. Ao mesmo tempo que mostra ser uma rapariga sensível e frágil, ela surpreende revelando ser uma mulher de garra. Para ela o medo é uma questão de falta de fé e não se questiona “o porquê” dos momentos difícies que já passou, mas sim, “para que”.Carisma e dedicação são traços de uma personalidade única. Não é a toa que é amada por milhões de portugueses e brasileiros e a cada dia conquista mais e mais fãs e admiradores.

 

Telenovelas

Ano Titulo Papel Notas
2008 A Favorita Maria do Céu/Pâmela Queiroz Co-Protagonista
2007 Paraíso Tropical Betina Monteiro participação especial
2006 Pé na Jaca Elizabeth Aparecida Barra (Beth) antagonista
2005 América Sol de Oliveira protagonista
2003 Celebridade Darlene Sampaio coadjuvante
2002 O Beijo do Vampiro Lara antagonista
2001 A Padroeira Cecília de Sá protagonista
2000 Laços de Família Íris Frank Lacerda antagonista
1999 Suave Veneno Marina Canhedo coadjuvante
1998 Era Uma Vez... Emilia Zanella coadjuvante
1997 Zazá Dora Dumont coadjuvante
1996 Vira Lata Tatu (Bárbara) coadjuvante
1995 A Próxima Vítima Carina Carvalho Rossi coadjuvante
1990 Mico Preto Denise Menezes Garcia coadjuvante

Séries e especiais 
 
Ano Séries e especiais Papel
1992 Você Decide Socorro
1992 Escolinha do Professor Raimundo Capituzinha
1993 Contos de Verão Fabíola
1994 Confissões de Adolescente Carol
1996 Você Decide Socorro
1999 Você Decide Socorro
2000 A Invenção do Brasil Moema
2001 Festival de Desenhos apresentadora
2003 Homem Objecto Eva
2009 Decamerão - A Comédia do Sexo Monna

 

No cinema 

  • 2004 - Meu tio matou um cara .... Soraia
  • 2004 - A cartomante .... Rita
  • 2004 - Tudo isto é fado .... Thaís
  • 2003 - Casseta & Planeta - A taça do mundo é nossa .... Aeromoça
  • 2002 - Xuxa e os duendes 2 - No caminho das fadas .... Epifânia
  • 2001 - Caramuru - A Invenção do Brasil...Moema
  • 2000 - Um anjo trapalhão .... filha do prefeito

 

 No teatro

 

Homens, melhor não tê-los, mas se não tê-los, como sabe-los? - 2006

Surto – participação – 2006
O Canto e o Encanto de ser Mulher - 2003
As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant – Karin - 2001
Confissões de Adolescente - 1996
A Roupa Nova do Imperador - 1995
O Soldadinho de Chumbo - 1994
Andersen, O Contador de Histórias - 1993
Sapatinhos Vermelhos - 1993
Brincando de Era uma Vez - 1992

 

 

Prémio e Indicações

1992 Actriz Revelação Sapatinhos Vermelhos Prêmio Coca Cola de Teatro Indicada
1995 Actriz Revelação Confissões de Adolescente Prêmio APCA Vencido
2000 Melhor Actriz Laços de Família TV Express Vencido/Empate
2000 Melhor Actriz Laços de Família Troféu Imprensa Indicada
2000 Melhor Actriz Laços de Família Prêmio Internet - SBT Indicada
2000 Melhor Actriz Coadjuvante Laços de Família Melhores do Ano - Domingão do Faustão Indicada
2000 Melhor Actriz Coadjuvante Laços de Família Prêmio Qualidade Brasil Indicada
2002 Gata do Ano O Beijo do Vampiro Meus Prêmios Nick Vencido
2003 Melhor Actriz Coadjuvante O Beijo do Vampiro Prêmio Contigo Indicada
2004 Melhor Actriz Coadjuvante Celebridade Melhores do Ano - Domingão do Faustão Indicada
2004 Melhor Actriz Coadjuvante Celebridade Prêmio Qualidade Brasil SP Indicada
2004 Melhor Actriz Coadjuvante Celebridade Prêmio Qualidade Brasil RJ Indicada
2004 Melhor Actriz Coadjuvante Celebridade Prêmio Contigo Indicada
2004 Actriz Favorita Celebridade Meus Prêmios Nick Vencido
2005 Melhor Actriz América Melhores do Ano - Domingão do Faustão Indicada
2006 Melhor Par Romântico América 8º Prêmio de TV Contigo Finalista
2008 Melhor Actriz A Favorita Fest Natal Indicada
2009 Melhor Actriz Coadjuvante A Favorita 11º Prêmio de TV Contigo! Finalista

 

Actualizado no dia 30 de Junho de 2009

Créditos: Deborah Secco Portugal, Wikipédia, Deborah e Roger Fã Clube, Blog Oficial Deborah Secco.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

BEM VINDO (A)

Bem-vindo a este blog dedicado à talentosa actriz brasileira Deborah Secco. Aqui encontrarás as últimas notícias, fotos, videos e muito mais sobre a Deborah. Espero que gostes do meu trabalho e volta sempre que quiseres.

Elite

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Informações Blog

Dedicado: Deborah Secco Desde: 24 de Maio de 2008 Administradora: Patrícia Nome: Deborah Secco Portugal
Em destaque no SAPO Blogs
pub